(31) 3332-0875
Blog

Qual a importância da aprovação do MEC

Data da Publicação: 19

 

Você sabe o que é o MEC e por qual motivo é necessário que as instituições de ensino sejam reconhecidos por ele? Nós vamos te explicar.

O MEC também conhecido como Ministério da Educação e Cultura, é um órgão governamental responsável pelo credenciamento de instituições de ensino.

Um diploma de nível superior só tem validade se for emitido por um curso autorizado, com uma qualidade suficiente e reconhecido pelo Ministério da Educação. Realizar um curso de graduação em uma instituição reconhecida pelo MEC é ter a certeza de que o seu diploma será reconhecido em todo o território nacional e em muitos países internacionalmente.

Para quem tem a intenção de ingressar no ensino superior, entender como funciona o processo de credenciamento e reconhecimento do curso é fundamental para que não hajam surpresas desagradáveis posteriormente.

O primeiro passo para iniciar uma graduação é a verificação no portal do MEC para ter certeza que a instituição é credenciada e que o curso é reconhecido para ser lecionado.

Todos os atos que o MEC autoriza podem ser acompanhados em seu portal e são divididos em modalidades, sendo elas: autorização, credenciamento e recredenciamento de instituições, autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos.

Credenciamento e Recredenciamento de Instituições

Para começar a exercer atividades ou abrir processos seletivos, é necessário que as instituições sejam credenciadas. Esse processo é realizado antes da criação de cursos e abrir as turmas.

A instituição precisa atender todas as exigências do MEC e ser aprovada por uma comissão avaliadora para que consiga obter o credenciamento. Somente depois desse processo a instituição estará apta a iniciar as suas atividades.

Autorização e Reconhecimento de cursos de graduação

Para dar início a ofertas de cursos de graduação, as instituições de ensino superior, institutos federais de ciência, educação e tecnologia necessitam da autorização do MEC. Universidades e Centros universitários possuem autonomia para dar início a novos cursos, porém a parte de avaliação e reconhecimento deve ser relatada a secretaria competente a respeito do curso.

O reconhecimento da instituição pode ser solicitado após a conclusão de 50% da carga horária prevista para a graduação. Uma comissão avaliadora é designada pelo MEC para que uma visita seja realizada com o objetivo de verificar e avaliar a instituição.

Como as instituições de ensino superior são avaliadas pelo MEC?

O MEC é responsável por avaliar todas as instituições de ensino superior, sendo elas públicas ou privadas. São utilizados alguns conceitos para a avaliação, em que são distribuídas notas entre 1 e 5 para requisitos exigidos, sendo 5 a nota máxima, acima de 3 são notas positivas e 2 ou inferior, são consideradas notas insatisfatórias.

Caso a instituição seja avaliada de forma insatisfatória, é determinado um prazo pelo MEC para que as exigências sejam cumpridas e readequadas. O não cumprimento das exigências pode levar a instituição a ser punida, em casos mais graves, descredenciada.

Por que é importante saber se o curso é autorizado e reconhecido pelo MEC?

O diploma de ensino superior só é válido em todo o território nacional caso a instituição na qual a graduação tenha sido realizada, seja reconhecida pelo MEC.

A realização de um curso em uma faculdade que não seja reconhecida poderá acarretar problemas futuros, já que o seu diploma não será aceito por empresas, conselhos ou concursos públicos.

O aval do MEC para a instituição, faz com que o seu diploma seja legal e permite que você exerça funções na qual é obrigatório o conhecimento sobre aquela atividade, como no caso dos cursos de Medicina, Direito, Engenharias e também de muitas profissões de saúde e educação.

A avaliação do diploma também é feita no mercado de trabalho, visto que as empresas analisam os currículos e conferem a validade dos cursos mencionados antes de contratarem os profissionais.

Os diplomas adquiridos em cursos a distância valem tanto quanto os presenciais e não há nada no papel que diferencia as modalidades de graduação. Nos dois casos, a única exigência é o reconhecimento do MEC para a sua validação.

Vimos no decorrer do post a importância de se graduar em uma instituição credenciada pelo MEC e que disponibilize cursos reconhecidos por esse órgão governamental.

A UCABH tem uma vasta opção de cursos reconhecidos e bem colocados segundo a classificação do MEC.

Não perca mais tempo e nem se arrisque em instituições não credenciadas. Conheça a UCABH EAD e alie sua rotina aos estudos em uma instituição de confiança e credenciada pelo MEC.