(31) 3332-0875
Blog

Profissão do futuro: Engenharia Civil

Data da Publicação:

Com o avanço da tecnologia novas profissões surgem e com a mesma frequência outras se extinguem. Observando essa movimentação no mercado de trabalho, escolher um curso para se graduar pode ser uma decisão muito difícil, principalmente se há falta de garantia do retorno do investimento se forem considerados os valores das mensalidades.

Existem profissões que embora sejam antigas possuem muita demanda, como a Engenharia Civil. O investimento em infraestrutura e o mercado da construção civil são essenciais, conseguindo se manter em tempos de crise e recessão. Nesses novos tempos de governo: as mudanças em infraestrutura já começam a ser sinalizadas. A primeira grande demanda de profissionais será para o graduado em engenharia civil.

Continue a leitura desse post e saiba qual a atuação desse profissional!

O que é Engenharia Civil?

A Engenharia Civil é o ramo responsável por projetar, avaliar, construir e melhorar edificações, estruturas e infraestruturas.

O profissional está envolvido em toda a realização dos projetos. O engenheiro é responsável pela realização de cálculos voltados a base da construção e materiais necessários para a durabilidade, podendo estar envolvido em projetos de prédios, ferrovias, túneis, estradas, entre outros.

Áreas de atuação do engenheiro civil

Possuindo competências para lidar com cálculo estrutural, saneamento, hidráulica, transportes, geotecnia e estradas, o engenheiro civil é um profissional apto a atuar além dos campos de obras e construções.

Ao realizar cursos depós-graduação em áreas mais específicas, o engenheiro civil pode também trabalhar no setor ambiental, de segurança do trabalho e produção, ampliando em muito o seu trabalho.

O engenheiro civil é responsável também por gerenciar equipes de instalação, operação e montagem, acompanhar reparos e manutenções, seguir padrões que reforcem a segurança e qualidade, além de realizar vistorias, perícias e avaliações.

O mercado de trabalho do engenheiro civil

A economia brasileira em alguns momentos passa por recessões, reduzindo o ritmo de crescimento do mercado. Mesmo diante dessa realidade, o profissional da Engenharia Civil continua sendo requisitado. É comum encontrar cidades brasileiras que mesmo em períodos de recessão econômica, continuam se desenvolvendo na área da construção civil.

Conheça 3 fatos sobre o mercado da Engenharia Civil

1. Piso salarial: existe um piso salarial para a profissão, ou seja, um valor de referência para o valor que será recebido pelo profissional. Os engenheiros civis de todo o país recebem salários muito semelhantes e com uma diferença pequena, não é necessário que o profissional se mude de região para conseguir se estabelecer recebendo um bom salário pelos seus serviços.

2. Competitividade: o profissional qualificado se torna muito concorrido no mercado. Sendo assim, muitas empresas optam por contratar o estudante de engenharia antes que ele conclua a sua graduação, oferecendo a ele programas de trainee e estágios para que seja viável a sua evolução na carreira.

3. Atuação em áreas públicas: o engenheiro civil formado pode também ocupar cargos públicos em prefeituras, universidades e forças armadas, não possuindo a necessidade de atuar somente nas áreas de construção e obras privadas.

Como se tornar um engenheiro civil?

O passo inicial para se tornar um engenheiro civil é se graduar em um curso superior de Engenharia Civil, com duração mínima de 5 anos. Após formado, o recém-graduado deverá obter o registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), e assim, estará apto para exercer a profissão.

Como se graduar?

É possível se graduar nas modalidades de ensino presencial e a distância. A escolha da maneira deve se dar às preferências e necessidades do graduando, como disponibilidade de horários e metodologia preferida.

A faculdade irá preparar o aluno e o habilitar para atuar em todas as etapas de uma obra, desde o desenho da planta à escolha dos materiais para acabamento, passando pelos cálculos dos custos, estudo do solo, análises de viabilidade, coordenação da equipe, planejamentos elétricos e hidráulicos.

Após conhecer um pouco sobre a função e a área de atuação de um engenheiro civil você percebeu que essa é a profissão ideal para você, mas não tem disponibilidade de horário ou condições de arcar com altas mensalidades?

Graduação EAD em Engenharia Civil

O EAD é uma sigla usada para se referir ao ensino a distância, que consiste em uma graduação de forma remota sem a necessidade do aluno assistir aulas presencialmente. Os materiais são disponibilizados em uma plataforma de ambiente virtual e o aluno através do acesso cedido pela instituição, pode consultá-los nos mais variados dispositivos e em todos os lugares e quantas vezes desejar.