(31) 3332-0875
Blog

Ensino a distância: Gastronomia

Data da Publicação:

 

Como você imagina que seja o curso de Gastronomia? Algo como cozinhar as suas comidas preferidas durante todo o tempo? As provas práticas então devem ser a execução perfeita de uma receita, certo?

Para entender sobre a formação deste profissional, separamos esse post com o objetivo de contar as principais características do Gastrólogo. Isso mesmo, não escrevemos errado, veja só a diferença.

Provavelmente, você conhece o profissional da gastronomia como gastrônomo o que faz todo sentido devido à raiz da palavra, mas no meio da culinária, a distinção dessas palavras pode mudar o status do profissional.

Isso ocorre, pois o gastrônomo é a pessoa que possui habilidades pela prática da gastronomia e se desenvolve pelas experiências adquiridas na cozinha. O gastrólogo por sua vez, é o profissional formado em gastronomia. Ele entende da área tanto na prática quanto na teoria e é capaz de formular e estruturar pratos, combinando seus conhecimentos na área de estudo e experiências de carreira.

Neste post falaremos sobre o gastrólogo, suas áreas de atuação, qual o processo necessário para se tornar um e muito mais, confira!

O que é gastronomia?

A gastronomia é um ramo de conhecimento direcionado a culinária, harmonização de bebidas e estudo de matérias necessárias para serem usadas na alimentação. Ela também está diretamente ligada a aspectos culturais de uma região, povo ou país.

Os alimentos para a gastronomia são uma fonte de estudo para a montagem de pratos, aromas e sabores, diferenciados e agradáveis. O gastrólogo tem como papel unir elementos distintos para criar pratos criativos e apresentações incríveis.

Perfil do profissional

O profissional formado em gastronomia deve ter criatividade na hora de preparar alimentos. Os pratos preparados além de serem uma união de sabores para a criação de uma experiência única, são montados para serem atrativos aos olhos.

Este profissional também deve se conscientizar a respeito das regras de segurança alimentar, utilizando ambientes adequados para a preparação dos alimentos e sendo cuidadoso com as combinações propostas nos pratos.

Áreas de atuação do Gastrólogo

Ao se formar em gastronomia, o gastrólogo pode atuar em diversos locais em funções variadas. A função de chef e subchef são apenas algumas das opções, veja.

Cozinheiro

Para quem ingressa no curso de gastronomia, essa é a carreira mais óbvia e inicialmente desejada. É importante entender que o mercado culinário conta com a presença de chefs muitos renomados e que não será um diploma que irá te enquadrar rapidamente nesse cenário.

Há uma longa jornada de aprendizagem antes de assumir a cozinha de um restaurante ou de tornar o seu trabalho reconhecido, por isso, esteja disposto a entender o funcionamento do local e a boa vontade em aprender com pessoas mais experientes.

Consultor de vendas da indústria alimentícia

A área de vendas exige o conhecimento em gastronomia e também uma ótima capacidade de comunicação. Esse segmento consiste em apresentar produtos do ramo alimentício para potenciais clientes e comprovar a utilidade de seu uso.

O conhecimento da área é muito importante, pois ajuda na formulação de argumentos para a realização das vendas. Ter experiências sobre as dificuldades enfrentadas na cozinha facilitam no convencimento do cliente ao oferecer para ele produtos que podem auxiliar no seu dia a dia. Saber sobre essas dificuldades ajuda a encontrar e oferecer as melhores soluções.

Consultoria

Durante o período da faculdade, o gastrólogo desenvolverá suas habilidades em montar planos de mercado estruturados e aprenderá a fazer fichas técnicas. Outros aprendizados são: elaboração de cardápio e boas práticas de higiene na cozinha. O conhecimento adquirido é ideal para auxiliar empreendedores que não possuem formação acadêmica ou que necessitam de ajuda em seu negócio.

Professor

A área de ensino é uma opção. Para se inserir na docência é necessário a realização de uma pós-graduação em pedagogia ou educação para que seja possível lecionar em faculdades. Essa área exige que o profissional de gastronomia, além de conhecimento na área, tenha facilidade em transmití-lo.

A atuação na área da educação também pode ocorrer caso o profissional ofereça workshops. Para atuar nesse segmento não é necessária a realização de uma graduação, porém a capacidade de comunicação e transmissão de conhecimentos continua sendo fundamental.

Como se tornar um Gastrólogo?

Para se tornar um gastrólogo, é necessário possuir diploma de formação na área. O mercado de alimentos e bebidas está em constante transformação e o curso de gastronomia ajuda o profissional a se inserir na área possibilitando a ele, acompanhar as mudanças. A graduação também auxilia o profissional a encontrar as suas inspirações.

O curso é considerado tecnológo pois possui a duração de 2 anos, podendo ser feito de forma presencial ou a distância. A decisão deve ser tomada pelo futuro aluno, baseando-se em suas facilidades de aprendizagem e atividades diárias.

Graduação EAD em Gastronomia

A graduação a distância em Gastronomia prioriza a importância econômica, social, pessoal e humanitária, atendendo às exigências do mercado de trabalho nacional e internacional, formando uma mão de obra mais qualificada para as demandas do mercado.

O ensino a distância também conhecido como EAD, consiste na realização de uma graduação tecnóloga remota, não possuindo a necessidade de aulas presenciais obrigatórias e diárias. Os materiais necessários para o estudo durante o curso são disponibilizados em uma plataforma de aula virtual em que o aluno, através do acesso cedido pela instituição, pode consultá-los nos mais variados dispositivos, formatos e quantas vezes desejar.

Devido ao uso da tecnologia, a graduação a distância não é considerada mais como um estudo a parte onde o aluno não tem interação com outras pessoas. O EAD conta com o acompanhamento de tutores e professores, além de uma grupo de alunos, que permitirá o compartilhamento de experiências ao longo do curso e crescimento do estudante.

A parte prática também é presente no curso de Gastronomia. Ela geralmente ocorre nos encontros presenciais, onde um professor acompanha e avalia os processos ou através de relatórios feitos pelos alunos da prática realizada em casa. Os encontros presenciais podem ter frequências variadas, porém são obrigatórios para que sejam identificados os pontos de acerto e de melhoria dos alunos.

 

O EAD permite que o aluno consiga o seu diploma estudando no seu próprio ritmo.