(31) 3332-0875
Blog

Cursos de graduação EAD são confiáveis?

 

Cursos de graduação EAD são confiáveis?

 

Data da Publicação:

 

Os cursos de graduação EAD e de pós-graduação EAD são vistos cada vez mais como diferenciais no mercado de trabalho.

Pessoas que buscam adquirir formações, fazer cursos e agregar mais conhecimento a sua carreira são muito visadas pelas empresas. Ter apenas formação básica já não é suficiente para alcançar cargos de destaque.

Sabendo disso, muitos colaboradores já inseridos no mercado estão em busca de uma graduação para adquirirem mais oportunidades de crescimento em suas empresas, e enxergam no EAD a sua grande chance.

O ensino a distância, também conhecido como EAD, consiste no estudo realizado de forma remota e sem a obrigatoriedade de comparecimento diário a um local específico. Devido às suas características e menores custos, essa modalidade de ensino está cada vez mais sendo aceita pelo público.

A busca por instituições de ensino, porém, deve ser cautelosa e todo o processo precisa ser analisado, já que você irá investir muitos recursos durante o curso.

Ao iniciar uma faculdade os gastos podem variar desde a mensalidade e tempo para a formação, ao valor dos materiais que são necessários ao longo do curso, como livros, jalecos e proteções.

No caso de cursos presenciais, ainda existem os gastos com alimentação e transporte.

Imagine se dedicar 2 anos em um tecnólogo, 4 a 5 anos em uma graduação ou quem sabe, o tempo da pós-graduação necessária para conquistar o cargo tão almejado, para descobrir no final que foi em vão?

Isso pode acontecer porque algumas instituições não são autorizadas a oferecerem cursos presenciais ou a distância e ainda assim abrem turmas.

Todo o cuidado é pouco na hora de escolher o lugar em que você irá começar a construir a estrada para o seu futuro.

Algumas características devem ser observadas para que seja possível perceber a diferença entre as instituições que são autorizadas e as instituições irregulares.

Continue a leitura do post e saiba como fazer a distinção!

Credenciação do MEC

Toda instituição de ensino deve ser credenciada pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura). Esse processo é realizado inicialmente, logo com a abertura da instituição, antes da criação de cursos e da abertura de turmas.

O MEC possui uma série de exigências que deve ser cumprida pela instituição e logo depois passar por uma comissão avaliadora que dirá se ela está apta. Somente após a aprovação desse processo, a instituição estará apta a iniciar suas atividades.

Autorização e Reconhecimento de cursos de graduação

As instituições de ensino superior, institutos federais de educação, ciência e tecnologia necessitam da autorização do MEC para dar início a ofertas de cursos de graduação. Já as Universidades e os Centros universitários, possuem maior autonomia para iniciar novos cursos.

A parte avaliativa e de reconhecimento dos Centros Universitários e das Universidades deve ser relatada a secretaria competente sobre a disponibilização do novo curso.

A instituição pode solicitar o reconhecimento desse novo curso após 50% da carga horária prevista para a conclusão do curso. Uma vez realizada a solicitação, é designada pelo MEC que uma visita seja realizada com o objetivo de verificar a instituição.

Autorização do MEC

O diploma do ensino superior somente é válido em todo território nacional caso a instituição seja reconhecido pelo MEC.

Uma instituição não reconhecida pelo MEC não consegue validar o diploma na conclusão do curso. Como consequência, as empresas, os conselhos e concursos públicos não consideram a formação.

Para desempenhar vários cargos é necessário ter um diploma reconhecido, principalmente as áreas Engenharias, Medicina, Direito e outras profissões relacionadas a saúde e educação em que o que o diploma é obrigatório e somente é válido com o aval do MEC. Caso contrário, não será possível que a pessoa assuma os cargos.

No mercado de trabalho a validade do diploma também é testada. Muitas empresas realizam a verificação dos diploma para confirmar que o profissional está apto a ingressar em suas funções. Os diplomas adquiridos em cursos feitos a distância valem tanto quanto os presenciais sendo que não há nenhuma distinção no papel entre eles. Em ambas as situações, a única exigência é o reconhecimento do MEC para a sua validação.

Até aqui vimos formas de reconhecer se a instituição é confiável. Para que essa verificação seja ainda mais segura, o MEC tem uma plataforma onde é possível consultar todas as instituições que são credenciadas. Você pode conferir clicando aqui!

Deixaremos aqui uma última dica!

Desconfie!

Muitas instituições de ensino superior foram criadas para atender a essa demanda de possíveis alunos. Para atrair esses consumidores, são oferecidos cursos a preços baixíssimos e que não exigem conhecimentos e dedicação por parte deles.

As instituições conseguem oferecer condições e descontos inimagináveis já que não possuem a credencial do MEC e agem fora da legalidade.

O número de alunos para esse tipo de instituição não importa e elas costumam não ficar muito tempo no mercado. É necessário fazer sempre essa conferência para que o barato não saia caro no final