(31) 3332-0875
Blog

A pós-graduação a distância deve ser reconhecida..

Data da Publicação:

O Ensino a Distância no Brasil, também conhecido como EAD, tem se tornado a melhor opção de formação acadêmica para muitas pessoas que desejam avançar em suas carreiras, porém não possuem disponibilidade de frequentar a instituições presenciais.

Independentemente do motivo, a realidade de muitos brasileiros não permite que eles frequentem graduações ou pós-graduações e muitas oportunidades acabam sendo perdidas pela falta de especialização.

Devido a grande flexibilidade de horários e a grande disponibilidade de cursos, o EAD passou a ser visto como a opção mais viável e lucrativa no momento de realizar uma graduação e de se especializar através de uma pós-graduação.

Para um curso de graduação presencial ou a distância ser válido em todo o território nacional, é necessário que ele seja reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação)? Essa questão gera a dúvida: qual o processo de validação e reconhecimento da pós-graduação?

Caso você queira saber como identificar a credibilidade de um curso de pós-graduação para investir o seu tempo e dinheiro na instituição certa, continue a leitura deste post e conheça mais sobre o assunto.

Pós-graduação a distância

A pós-graduação é vista como uma oportunidade de desenvolver os conhecimentos obtidos durante a graduação, de forma mais objetiva e com novos direcionamentos. O mercado de trabalho está se tornando cada dia mais exigente em relação à qualificação de profissionais.

Uma forma de conquistar mais conhecimentos e ser mais atraente para o mercado são os cursos de especializações. O profissional que realiza esses cursos está mais apto a alcançar cargos de liderança ou boas posições nas empresas.

Muitos profissionais no entanto, apesar de ansiar pela oportunidade de se pós-graduar, já estão inseridos no mercado e não possuem tempo para a realização de uma pós graduação presencial. Por essa razão, a pós-graduação EAD representa uma oportunidade de estudo para as pessoas que possuem rotinas mais atribuladas.

Através do Ensino a Distância é possível realizar dois tipos de pós-graduação, sendo elas Lato Sensu e Stricto Sensu. Cada modalidade possui a sua própria regulamentação para o reconhecimento do diploma.

Nos dois casos, o aluno tem parte das atividades a distância, como vídeo aulas, leituras, conversas com professores e tutores que auxiliam no processo de aprendizagem, além do acesso à materiais eletrônicos, chats e fóruns de discussão.

O curso a distância exige porém que algumas atividades sejam presenciais, nos polos de apoio da instituição, para uma melhor avaliação dos alunos para que sejam destacados pontos que precisam ser melhorados e o aluno tenha uma melhor formação.

As atividades presenciais são marcadas de maneira prévia para que o aluno possa se programar e pode variar a frequência de acordo com a instituição. Nessas aulas presenciais são realizados alguns trabalhos em sala, provas, apresentações, teses, entre outros.

Reconhecimento em Pós-Graduação Latu Sensu

Os cursos de especialização como pós-graduação Latu Sensu, são voltados ao mercado de trabalho. Podemos usar como exemplo o MBA (Master Business Administration), que exige do aluno participação no mercado para que ele possa aprofundar seus conhecimentos na prática de acordo com as experiências profissionais adquiridas pelo aluno.

A duração mínima desse tipo de especialização é de 360 horas, conforme estabelecido pelo MEC. O curso de pós-graduação oferecido por instituições de ensino superior, independem da autorização, reconhecimento e renovação de conhecimento.

Talvez você tenha ficado confuso agora, já que o MEC estabeleceu um tempo mínimo para a duração do curso, mas ele pode ser ofertado independente de autorização. Não se preocupe, vamos te explicar.

A instituição que oferece a pós-graduação deve ser credenciada e habilitada a oferecer os cursos, porém o MEC não realiza provas e avaliações para classificar a especialização. Os cursos de pós-graduação a distância Lato Sensu podem ser ofertados por instituições de ensino superior, considerando que possuam credenciamento para educação a distância.

Para que a instituição ofereça a pós-graduação, além de ser credenciada pelo MEC, é necessário que ela possua competência, experiência e capacidade nos cursos de graduação disponibilizados em seu polo.

Os cursos de especialização somente podem ser oferecidos por instituições de ensino superior já credenciadas que poderão oferecer cursos de especialização na área em que possui competência, experiência e capacidade instalada.

Segundo informações do Portal MEC a instituição credenciada deve ser diretamente responsável pelo curso (projeto pedagógico, corpo docente, metodologia e outros.), não podendo se limitar a "chancelar" ou "validar" os certificados emitidos por terceiros nem delegar essa atribuição a outra entidade (escritórios, cursinhos, organizações diversas). Não existe possibilidade de "terceirização" da sua responsabilidade e competência acadêmica.

Reconhecimento em Pós-Graduação Stricto Sensu

A pós-graduação Stricto Sensu se refere a formação voltada a área acadêmica, como o mestrado e o doutorado. O tempo de duração do curso pode variar entre 2 à 4 anos. Ao contrário da pós-graduação Latu Sensu, a Stricto Sensu está sujeita às exigências de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento previstas em lei.

Para ter validade nacional, o diploma de pós-graduação Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado) tem que ser reconhecido por universidades brasileiras regularmente credenciadas, sendo elas públicas ou privadas, desde que possuam cursos de pós-graduação avaliados, autorizados e reconhecidos, na mesma área de conhecimento, em nível equivalente ou superior.

No caso da pós-graduação Stricto Sensu, o reconhecimento é feito pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior (CAPES).

Como realizar uma pós graduação válida no território nacional?

Antes de se cadastrar em alguma instituição de ensino, confira se ela é credenciada segundo as exigências do MEC e do CAPES. O curso de pós graduação irá qualificar o profissional para as exigências de mercado nas mais variadas áreas e o tornar mais atraente para o mercado.