(31) 3332-0875
Blog

5 dicas para se adaptar ao ensino a distância

5 dicas valiosas para se adaptar ao ensino a distância

 

O ensino a distância no Brasil está cada vez mais ganhando o seu espaço. Um problema que é observado nessa modalidade de estudo, no entanto, é a dificuldade de adaptação a essa metodologia.

Ainda que o ensino a distância seja uma oportunidade de estudo e ascensão profissional para muitas pessoas, a falta de familiaridade com o método adotado desafia a muitos estudantes.

No perfil de aprendizagem do brasileiro, é comum encontrar desde o ensino básico a necessidade de um professor cobrando e falando sobre as atividades para que os alunos consigam estudar de forma mais efetiva.

Ao ingressar no ensino a distância é comum que os alunos se assustem com a metodologia diferente e não saibam exatamente como se posicionar em relação aos estudos.

Caso você já tenha ingressado no ensino superior a distância ou tenha interesse nessa modalidade, continue a leitura e veja 5 dicas valiosas para se adaptar ao EAD.

1. Exercite a sua autonomia

Como o aluno estudará por meio de uma plataforma online, ele terá que se programar em relação à disponibilidade de horários e ritmo de estudo das matérias.

O EAD não possui professores que lembram aula após aula sobre os trabalhos que devem ser entregues e data das provas.

O aluno que estuda a distância deverá ser organizado e se planejar. Ele deverá ter autonomia para pesquisar e ir atrás de informações, além de ir até o professor no caso de dúvidas e, não esperar que o professor venha até ele.

Para se adaptar ao EAD será necessário se mover, praticar a autonomia e não ficar refém de avisos e terceiros para auxiliar na tomada de decisões.

2. Mais desafios, mais responsabilidade

Quando falamos de ensino a distância, é certo que a palavra responsabilidade estará no meio da conversa.

Isso porque é impossível ser bem-sucedido no EAD sem ter responsabilidade com os estudos, planejamentos e horários.

O aprendizado do ensino a distância está totalmente associado ao seu empenho e dedicação. É fundamental que o aluno leve a sério e seja responsável com os prazos de entrega dos trabalhos e provas.

A responsabilidade de tirar um tempo diário para se dedicar aos estudos também entra nesse quesito. Você deve organizar a sua rotina segundo as obrigações e cumprir o tempo de estudo determinado, não o colocando como segunda opção ou situação possível de ser adiada.

3. Planeje sua rotina de estudos

Começar a estudar na empolgação, muitas vezes não é o melhor caminho. Antes de tudo, é necessário fazer uma listagem de suas atividades do dia a dia, sendo elas pessoais ou comerciais, para só então se decidir.

Assim ficará muito mais simples definir quanto tempo você poderá se dedicar aos estudos, e se programar em qual situação do dia a dia acontecerá o estudo.

Quando não há planejamento fica muito mais fácil se perder no que está acontecendo. O aprendizado é mais aproveitado quando as leituras e temas estão definidos de maneira prévia.

Seguir sem planejamento fará com que o aluno faça um esforço enorme para situações que não serão aproveitadas.

Ao perceber os resultados oferecidos pela planejamento, se adaptar a essa rotina será mais simples e prazeroso.

4. Dedique-se a leitura

Boa parte dos conteúdos disponibilizados no ambiente online são para a leitura. Então é algo que aparecerá com bastante frequência no decorrer do curso.

Para melhores leituras, reserve um ambiente mais tranquilo que possibilite a melhor interpretação do que está sendo dito nos textos.

Ler sobre os assuntos deve ser algo feito com muita atenção, afinal a interpretação será definidora para o seu aprendizado.

Você pode buscar outros conteúdos base na internet como vídeos quando sentir que está tendo dificuldade na interpretação de algum arquivo.

5. Aprimore sua escrita

A escrita também é muito importante no processo de aprendizado online. Conhecer a ortografia e conseguir se expressar através das palavras é muito importante. Afinal, a maior parte do contato com com professores e colegas será através desse meio.

A formulação de perguntas, a habilidade em sustentar discussões e lidar com dinâmicas auxiliará muito no aproveitamento das aulas e trabalhos.

Para se adaptar a esse tipo de interação, a criação e participação de grupos e comunidades virtuais é uma ótima alternativa, assim você estará aplicando a escrita e o desenvolvimento das ideias de forma prática.