(31) 3332-0875
Blog

10 dicas para melhorar seu rendimento estudando a

10 dicas para melhorar seu rendimento estudando a distância

Data da Publicação:

10 dicas para melhorar seu rendimento estudando a distância

 

 

Eficiência e rendimento são palavras que tem um forte significado nos dias de hoje, principalmente, para as pessoas que possuem rotinas atribuladas.

Para quem precisa se desdobrar entre as atividades diárias da vida pessoal e profissional, achar o equilíbrio ou desenvolver processos que otimizem o tempo são fundamentais.

Para o estudante a distância conquistar esse equilíbrio pode ser ainda mais complicado. Conciliar trabalho, vida pessoal e os estudos podem ser muito desgastante e com uma má gestão de tempo, tudo fica ainda mais complicado.

Sabemos disso e daremos 10 dicas para melhorar o seu rendimento no ensino a distância. Continue lendo!

1. Crie uma lista de prioridades

Quando os prazos começam a apertar ou em situações em que você deseja muito fazer algo, tudo se torna prioridade.

Isso é muito perigoso para quem estuda a distância, pois o estudo é visto como algo mais distante. Os prazos e entregas de trabalhos parecem ser os últimos, já que estão mais distantes.

Quando menos se percebe, as datas chegam e os trabalhos ainda não estão prontos ou a prova já está muito próxima.

Então, aproveite um momento mais tranquilo, em que você esteja de cabeça fria e faça a sua lista de prioridades.

Liste não somente o que precisa ser feito, mas também entenda e anote as obrigações que são de fato mais urgentes e importantes.

Devido à variação das prioridades e atividades das pessoas, não é possível elaborar uma pré-lista do que deve ser priorizado ou quando deve ser feito. Isso é feito de forma pessoal, através de estudos e observações do que ocorre no seu dia a dia.

Organize a lista da forma que melhor te atender no momento e com o tempo vá ajustando até encontrar o cronograma ideal a ser seguido.

Lembre-se: se tudo é prioridade, nada será de fato priorizado.

2. Seja organizado

A organização é fundamental para que o aluno EAD consiga se adaptar às demandas diárias e estudantis.

Você pode elaborar a melhor lista. Caso você não tenha organização, não conseguirá cumprir o proposto, não funcionando muito bem.

Para o ensino a distância funcionar, é fundamental que o aluno separe tempo para se dedicar ao estudo. De forma contrária, ele não será bem-sucedido no EAD.

3. Leve o curso a sério

Tenha em mente que a modalidade EAD não é mais fácil do que a presencial. Embora o aluno tenha mais liberdade, o curso continua sendo uma graduação e deve ser tratado como tal.

Por acreditar no mito de que os cursos EAD são fáceis, muitas pessoas não se dedicam e acabam sendo reprovadas nas matérias, demorando mais no processo de aquisição do diploma.

4. Monte um cronograma de estudos

A lista auxilia a organizar as atividades do dia a dia e o cronograma de estudos, ajudará com o estudo.

Coloque todas as datas de avaliações e entregas de trabalho no cronograma. Então programe os seu estudos para que todos os prazos sejam cupridos.

Estipule o tempo gasto nas atividades, isso fará com que você tenha mais facilidade em ver o que deve ser feito, quando e em quanto tempo

Marque um horário diário para o estudo, como se a aula fosse marcada, isso auxilia no condicionamento do corpo e da mente.

5. Esteja atento aos prazos

O ensino a distância também tem prazos a serem cumpridos. Perder uma data pode desencadear a mudança de toda a rotina para readequar atividades de reposição.

A sobrecarga de exercícios causa um cansaço excessivo e estresse, características muito prejudiciais a quem possui uma rotina atribulada. Evite o desespero e a correria, acompanhe os prazos.

6. Fuja das distrações

Evite todas as possibilidades de distração. Durante o estudo outras coisas podem parecer mais interessante.

Notificações de celular, músicas, o som da televisão, conversas altas e muito mais que ocorre no ambiente de casa mesmo, podem tirar toda a sua concentração em um assunto.

Esteja focado no seu objetivo. Veja o que te distrai e evite esse tipo de ambiente e situação.

7. Tenha um local apropriado para estudos

Estudar na sala da sua casa, com a televisão ligada, pode não ser a melhor das ideias.

Existem os casos de pessoas que não possuem tempo e precisam de estudar no ônibus de volta para casa ou a caminho do trabalho, já que essa é a única opção para conseguir se graduar.

Caso você disponha de um pouco mais de tempo, encontre um lugar em que será possível se dedicar ao estudo sem interrupções.

Um local tranquilo, com boa iluminação e que favoreça a sua postura corporal deixará o processo de aprendizagem muito mais leve e proveitoso.

8. Estabeleça objetivos e metas

Crie metas. Elas melhoram o rendimento do aluno.

Quando os objetivos são preestabelecidos, fica mais fácil ter um direcionamento de por onde começar e até onde ir.

A criação de metas também ajuda a manter o foco nas ações que são necessárias para que o objetivo principal, que é a formação, seja alcançado.

9. Tenha equilíbrio

Estudar é fundamental, porém o seu cérebro precisa de momentos de descanso e lazer. Busque ter equilíbrio, não sobrecarregue a sua mente com a rotina de trabalho e estudo.

O cansaço pode prejudicar bastante o seu rendimento, por isso, separe momentos para descontrair e relaxar.

10. Seja independente

Os cursos a distância oferecem ao aluno mais liberdade. É de responsabilidade dele definir os horários e dias em que irá estudar, a matéria que será estudada de forma que se encaixe no seu planejamento pessoal.

Por buscar o conhecimento por si mesmo, o aluno também tem mais liberdade de aprendizado, não se acomodando com um professor definindo o seu direcionamento.

Dica extra: gradue-se em uma faculdade com profissionais qualificados

O ensino a distância exige muito do aluno na questão de disciplina e organização, porém engana-se quem pensa que a graduação é solitária.

O aluno tem todo o auxílio necessário para a sua formação.